Autor avisa: é o fim da linha para Romero Rômulo



"Meu pai! O que é que meu pai tá fazendo ali? O que é que tá acontecendo, Juliano? É o meu pai que tá naquele hangar. Isso é alguma armação sua?". É assim que Dante (Marco Pigossi) reagirá ao ver que seu pai, o quase santo Romero Rômulo (Alexandre Nero), está envolvido em uma grande operação da facção.

Juliano (Cauã Reymond), que também vê tudo de perto, jura que não sabia de nada. Apesar de saber que Romero sempre foi um bandido, de fato Juliano não tinha ideia do que estava por vir.

"Vamos começar a ver o início da derrocada de Romero", confirma o autor da trama, João Emanuel Carneiro.

Esse é o primeiro baque que Dante sofre. Ele vê com os próprios olhos que seu pai é o homem que intermedia a chegada de uma enorme carga de armas internacionais. Ainda sem conseguir digerir aquilo tudo, ele e Juliano decidem seguir Romero quando ele deixa o hangar.

Se existia alguma dúvida sobre o caráter de seu "pai-herói", agora não há mais. Dante flagra um encontro amistoso entre Romero e Tio (Jackson Antunes). "É o Tio com o meu pai... Meu pai não... não pode ser! Meu pai, meu pai é bandido, meu pai é da facção, Juliano!", diz Dante, horrorizado.

As cenas do flagra de Romero Rômulo estão previstas para serem exibidas a partir desta quarta (27/01).

Leia também: 11 apresentadores do Jornal Nacional que você não conhecia (ou não se lembrava)

Veja também: Vídeo: Em 1965, apresentador da Globo teve enfarte e morreu ao vivo


Deixe sua opinião



Leia também