10 de janeiro na história da TV: em 2011, a estreia de O Clone em Vale a Pena Ver de Novo


Confira os destaques do dia 10 de janeiro na história da televisão brasileira:

No dia 10 de janeiro de 1983, estreava a minissérie Bandidos da Falange (Globo).

A produção, escrita por Aguinaldo Silva, abordava ascensão e queda de uma organização criminosa, a Falange Vermelha. Criada dentro do presídio de Ilha Grande, com base na fidelidade entre o grupo de bandidos, a 'Falange' atinge diversos setores da sociedade, até ser desmantelada pela polícia. No elenco, Betty Faria, José Dumont, José Mayer, José Wilker, Marieta Severo, Nuno Leal Maia e Tânia Alves.



No dia 10 de janeiro de 1983, terminava a novela Conflito (SBT).

Baseada no original de Marisa Garrido, escrita por Suzana Colonna e dirigida por Waldemar de Moraes. Trazia em seu elenco atores como Ana Rosa, Jonas Mello e Wilson Fragoso. Os três formavam um triângulo amoroso - Andréa, Gustavo e Eduardo -; ela, moça pobre, era rechaçada pelos avós dos rapazes, Rosa (Lourdes Mayer) e Miguel Altamiro (Percy Aires). Reapresentada no ano seguinte.



No dia 10 de janeiro de 1986, terminava a série Tamanho Família (Manchete).

Este foi o primeiro trabalho de Miguel Falabella como autor de séries humorísticas - em parceria com Geraldo Carneiro, Leopoldo Serran e Mauro Rasi. O grande mérito da produção, centrada nos conflitos de uma família de classe média, foi lançar a atriz Zezé Polessa. Também no elenco Ivan Cândido, Suely Franco, Elizabeth Henreid, Stella Freitas, Caio Junqueira (ainda menino) e Diogo Vilela.



No dia 10 de janeiro de 2003, terminava a reapresentação de Por Amor (1997) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Clássico de Manoel Carlos que manteve em alta a audiência da faixa vespertina de reprises - superando, inclusive, Sabor da Paixão (às 18h) e O Beijo do Vampiro (às 19h); aproximando-se de Esperança (20h). Foram 139 capítulos, ante 190 da exibição original, em torno do dilema de Helena (Regina Duarte), que entrega seu filho vivo em troca do bebê morto de sua primogênita, Eduarda (Gabriela Duarte).



No dia 10 de janeiro de 2004, terminava o programa Jovens Tardes (Globo).

O musical reunia talentos da época, como KLB, Pedro & Thiago e Wanessa Camargo, relembrando sucessos de outras décadas - começando pelos anos 1960, período marcado pela explosão da Jovem Guarda. Do núcleo de Marlene Mattos, Jovens Tardes, exibido aos domingos, passou por troca de apresentadores ao longo das diversas temporadas, contando, por exemplo, com Luiza Possi e Daniella Sarahyba.



No dia 10 de janeiro de 2005, estreava o reality show Big Brother Brasil 5 (Globo).

A edição de maior audiência do reality-show, até então, foi vencida pelo competidor Jean, que conquistou R$ 1 milhão - hoje, deputado. O médico Rogério foi o grande "vilão" da temporada; contudo, foi ele quem prestou os primeiros socorros, salvando Marielza, que sofreu um AVC durante o confinamento. O BBB 5 ainda revelou a talentosa Grazi Massafera, hoje atuando em O Outro Lado do Paraíso, às 21h.



No dia 10 de janeiro de 2006, estreava o reality show Big Brother Brasil 6 (Globo).

Neste ano, o programa foi vencido pela competidora Mara, que entrou na casa por sorteio. Com uma história de vida marcada por dificuldades, Mara desbancou a mocinha, Mariana Felício, que se encantou pelo galã Daniel Saullo - os dois estão casados até hoje. A amizade do professor Rafael e do comerciário Agostinho, assim como as manias do ex-monge Gustavo, divertiram o público.



No dia 10 de janeiro de 2010, terminava a série Ger@l.com (Globo).

Série infanto-juvenil produzida em duas temporadas, de cinco capítulos cada - a primeiro no ar de segunda-feira a sexta-feira; a segunda, aos domingos. O enredo, com redação final de Cláudio Lobato, acompanhava a rotina da banda WWW, formada por cinco jovens músicos (irmãos na "vida real", sempre perseguida por três tietes. No elenco adulto, Vanessa Lóes, Kadu Moliterno e Cláudia Lira.



No dia 10 de janeiro de 2011, estreava a reapresentação de O Clone (2001) em Vale a Pena Ver de Novo (Globo).

Quase dez anos após a estreia às 20h, a Globo resgatava O Clone, então encarregada de levantar a audiência da sessão após o fracasso de Sete Pecados (2007). O público celebrou a volta de personagens inesquecíveis como Jade (Giovanna Antonelli), Mel (Débora Falabella) e Jura (Solange Couto). Uma das mais longas reprises do 'Vale a Pena': 175 capítulos - no original, 221.



No dia 10 de janeiro de 2012, estreava a minissérie Dercy de Verdade (Globo).

Escrita por Maria Adelaide Amaral, contava a vida de Dercy Gonçalves. No papel principal, Fafy Siqueira na fase adulta; Heloísa Perissé e sua filha, Luiza, dividiram a personagem quando jovem. A própria Dercy "atuou", por meio de imagens de arquivo. O título também fora utilizado num programa de variedades apresentado pela comediante na Globo. Em 2015, a minissérie foi transformada em telefilme.



No dia 10 de janeiro de 2012, estreava o reality show Big Brother Brasil 12 (Globo).

A edição foi vencida pelo brother Fael, com 92% dos votos, faturando o prêmio de R$ 1,5 milhão. A edição de 10 anos do programa, contudo, foi apática. Ficou marcada pela polêmica acerca de um suposto abuso sexual, envolvendo os participantes Daniel - que acabou excluído do jogo - e Monique. A moça, aliás, e Yuri, colegas de confinamento, se reencontraram no reality A Fazenda - Nova Chance (2017).



No dia 10 de janeiro de 2015, terminava a primeira temporada do reality show Hell's Kitchen: Cozinha Sob Pressão (SBT).

Apresentada por Carlos Bertolazzi, a competição - inspirada em formato comandado por Gordon Ramsay - teve como vencedor o chef Arthur Sauer. Esta primeira edição do reality culinário foi ao ar às 18h30, logo após o Programa Raul Gil. Posteriormente, o programa foi alocado às 21h30; na quarta e última temporada (até o momento), a chef Danielle Dahoui assumiu a apresentação.



Leia também