15 de janeiro na história da TV: em 2016, último capítulo de Além do Tempo


Confira os destaques do dia 15 de janeiro na história da televisão brasileira:

No dia 15 de janeiro de 1965, terminava a novela O Pintor e a Florista (Excelsior).

Baseada em original de Alberto Migré - também autor do argumento de 2-5499 Ocupado (1963), primeira novela diária da TV brasileira - O Pintor e a Florista retratava a paixão entre um artista das telas e uma humilde vendedora de flores. No elenco, Lolita Rodrigues e Armando Bógus, premiado com o Troféu Imprensa de melhor ator de 1964. Cláudio Petráglia desenvolveu o enredo, veiculado às 19h.

No dia 15 de janeiro de 1969, estreava a novela Rosa Rebelde (Globo).

O folhetim, de autoria de Janete Clair, mostrava um grupo de espanhóis que lutavam contra a ocupação francesa. Os rebeldes eram liderados por Rosa (Glória Menezes), apaixonada por um oficial (Tarcísio Meira) do exército inimigo. Adaptado de um sucesso radiofônico da autora, Rosa Rebelde foi o último dramalhão do horário das 20h - com o êxito de tramas "moderninhas" na concorrência, a Globo dispensou a supervisora Glória Magadan e passou a apostar em histórias contemporâneas.



No dia 15 de janeiro de 1999, terminava a novela Torre de Babel (Globo).

Nesta trama de Silvio de Abreu, Tony Ramos interpretava José Clementino, que, após anos na cadeia, sai disposto a vingar-se da principal testemunha de acusação de seu processo, César Toledo (Tarcísio Meira). Seu plano consiste na explosão do shopping construído pelo empresário. Clementino desiste, mas sua filha Sandrinha (Adriana Esteves) acaba detonando com o prédio. No elenco, Glória Menezes, Cláudia Raia, Edson Celulari, Letícia Sabatella, Marcos Palmeira, Natália do Vale e Cláudia Jimenez.



No dia 15 de janeiro de 2007, estreava a temporada 2007 de Malhação (Globo).

A novela das 17h30 deixava de lado os casaizinhos protagonistas para apostar no convívio de três amigas - Marcela (Thaila Ayala), Cecília (Maria Eduarda Machado) e Vivian (Fiorella Matheis). A audiência não correspondeu e a trama acabou encurtada. No elenco, Soraya Ravenle, Norma Blum, José Rubens Chachá, Guilherme Fontes e Bianca Byington. Entre os lançamentos, Rômulo Neto - com passagem recente na TV, em Pega Pega (2017) - e Klebber Toledo, bastante requisitado em produções atuais.



No dia 15 de janeiro de 2013, estreava a minissérie Gonzaga, de Pai para Filho (Globo).

A emissora transformou em minissérie a cinebiografia do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, projeto do diretor Breno Silveira. A versão televisiva, no entanto, contou com material inédito - como clipes e imagens de arquivo. Land Vieira, Chambinho do Acordeom e Adélio Lima viveram Luiz Gonzaga; seu filho, o também cantor e compositor Gonzaguinha), fora interpretado por Júlio Andrade. Ainda no elenco Ana Roberta Gualda, Cecília Dassi, Cyria Coentro, João Miguel, Nanda Costa e Zezé Motta.



No dia 15 de janeiro de 2016, terminava a novela Além do Tempo (Globo).

Escrita por Elizabeth Jhin, a obra tinha temática espírita e mostrava as consequências de nossas decisões em diferentes reencarnações. Felipe (Rafael Cardoso) e Lívia (Alinne Moraes) lutavam para ficarem juntos, enfrentando a oposição de Melissa (Paolla Oliveira) e Pedro (Emílio Dantas). A tragédia envolvendo este quarteto amoroso no século XIX repercute no século XXI, quando se reencontram. Destaque para Irene Ravache, Nívea Maria, Ana Beatriz Nogueira e Felipe Camargo.



No dia 15 de janeiro de 2016, terminava a minissérie Ligações Perigosas (Globo).

A minissérie, inspirada no clássico francês Ligações Perigosas, de Choderlos de Laclos, foi o primeiro trabalho solo de Manuela Dias. A autora desenvolveu habilmente a trama dos amantes Isabel (Patrícia Pillar) e Augusto (Selton Mello), metidos num jogo de sedução que atinge as inocentes Cecília (Alice Wegmann), noiva de um ex-amante de Isabel - e apaixonada pelo músico Felipe (Jesuíta Barbosa) -, e Mariana (Marjorie Estiano), carola casada, seduzida por Augusto.



No dia 12 de janeiro de 2016, estreava a minissérie Alemão - Os Dois Lados do Complexo (Globo).

Minissérie em quatro capítulos, derivada do longa-metragem lançado em 2014 - dirigido por José Eduardo Belmonte -, que retratava o processo de ocupação do Morro do Alemão, por meio de cinco policiais infiltrados em facções criminosas. Descobertos, empreendem uma batalha para levar a missão até o fim, além de lutarem por suas vidas. No elenco, Antônio Fagundes, Caio Blat, Cauã Reymond, Gabriel Braga Nunes, Marcelo Mello Jr, Milhem Cortaz e Otávio Muller.


Deixe sua opinião


Leia também