Volta do Você na TV é o retorno de quem jamais deveria ter saído da TV



Muita gente critica João Kléber. E muita gente criticava ainda mais o Você na TV. Temos sempre que lembrar aquele estigma de que televisão diz sempre a verdade é levado a ferro e fogo no Brasil.



Quando o Você na TV saiu do ar, em maio do ano passado, a RedeTV! só perdeu. Perdeu um público fiel que comentava diariamente a atração nas redes sociais. Perdeu uma atração que tinha vídeos viralizados na internet. E ainda perdeu uma grande alavanca para sua audiência na Grande São Paulo.

Com todas as críticas que sofria, o Você na TV marcava diariamente 2 pontos de Ibope no fim da tarde para a RedeTV!. Ajudava bastante o seu sucessor na época, e pode ser a alavanca que o RedeTV! News, agora apresentado por Boris Casoy, precisa para dar sua guinada.

A melhor coisa dos últimos tempos para o canal foi anunciar a sua volta - e mantendo a sua segunda maior audiência, o João Kléber Show, que marca 3 pontos de Ibope e agora toca o terror no Pânico.

Não é uma exposição total de João. Em 2013, ele chegou a fazer três programas ao mesmo tempo. E, querendo ou não, João é um showman, um cara que sabe entreter como poucos.

E ele era a principal atração do Você na TV. Debochado, o programa definitivamente não se levada à sério e tinha como um único propósito agradar ao nicho que gostava dele, que via naquilo um programa de humor.

E, no fim, é isso que o Você na TV é. Um humorístico. Os segredos estranhos e o tom escrachado mostram bem isso. Nem ele mesmo, nem o próprio João Kléber levavam o formato a sério.

Como já disse, talvez falte a nós um olho de nem sempre levar a televisão a ferro e fogo. O Casos de Família, outro programa popular, merece críticas, pelos temas, pelo tom e por achar que "tem uma missão social", quando está longe de ter.

São duas as únicas missões que o Você na TV têm: rir dele mesmo e aumentar a audiência da RedeTV!. E, convenhamos, ele fazia e fará isso com louvor. Aliás, porque ele saiu, ninguém sabe. Que bom que está de volta.


Deixe sua opinião



Leia também