TV Alterosa respira por aparelhos; qual será o futuro da emissora?



Recentemente surgiram algumas conversas de que a TV Alterosa (afiliada do SBT) em Belo Horizonte seria comprada definitivamente pelo apresentador Ratinho, tornando-se uma emissora da Rede Massa. Entretanto, não passou de um boato.



Em uma visita à emissora para entrevistar o apresentador Stanley Gusman, do Alterosa Alerta, não pude deixar de reparar como a afiliada mineira do SBT está respirando por aparelhos.

A emissora, que em seu "tempo de ouro" disputava a liderança da audiência na capital mineira com a Globo Minas e agora fica entre segundo e terceiro lugar no IBOPE, está deficiente de funcionários, o que reflete automaticamente na parte técnica.

O mês de dezembro de 2015 foi a gota d'água para muitos funcionários, que decidiram fazer uma paralisação após atrasos salariais. Acredito que este foi o momento em que a TV Alterosa infelizmente deu sinais de que seus próximos anos seriam sabáticos, e assim aconteceu. Foram demitidos motoristas, técnicos, câmeras, repórteres e até âncoras com mais de dez anos de casa.

Agora, a pergunta que vem à cabeça é: por que uma emissora da terceira maior capital do país e que faz parte da vida dos mineiros há tanto tempo está assim? Só consigo imaginar que seja uma má gestão.

Andando pelos corredores que agora estão sem pintura, cenários com problemas, câmeras antigas e um CEDOC - que conta a história da emissora - largado ao relento, acredito que a TV Alterosa, que em seu slogan fala que é "A TV Que o Mineiro Vê", precisa de um santo remédio antes que desliguem seus aparelhos definitivamente.

Infelizmente não é o passado que salvará a TV, e sim a compra desta por algum empresário que consiga colocar os salários em dia, recontratar os funcionários e reestruturá-la tecnicamente, pois é muito triste ver uma emissora que possui 55 anos de história em Belo Horizonte do jeito que está.

Como jornalista e fã de televisão, torço para que isso aconteça o mais rapidamente possível, porque, do contrário, perderemos mais uma emissora, que deixará saudade no dia-a-dia dos mineiros e até mesmo dos brasileiros.

DOUGLAS SILVA é formado em jornalismo, trabalhou como produtor e social mídia em rádios e TVs de BH. Ama falar sobre televisão e tem paixão por fotografia e futebol americano. Contatos podem ser feitos pelo Twitter: @uaiteve. Ocupa este espaço às terças


Deixe sua opinião



Leia também

Novelas

Por onde anda Cecília Dassi, a Sandrinha de Por Amor

A garotinha Sandrinha conquistou o Brasil na primeira exibição de Por Amor, exibida entre 1997 e 1998 pela Rede Globo. Cecília Dassi, tinha apenas sete anos quando interpretou a personagem. Depois disso, ainda atuou em diversos papeis na Rede Globo, mas abandou a carreira na televisão