Band aposta em "efeito MasterChef" para emplacar nova temporada do X Factor Brasil



Com nova temporada confirmada para o segundo semestre deste ano, a Band começa a definir detalhes do novo X Factor Brasil, que deverá ter mudanças drásticas em relação ao que foi exibido em 2016.

Segundo apurou o TV História, apenas dois elementos deverão ser mantidos no elenco original. A apresentadora Fernanda Paes Leme e o jurado Rick Bonadio continuarão no projeto, pois foram considerados os únicos acertos.



De restante, tudo deve mudar. Alinne Rosa, Di Ferreiro e Paulo Miklos serão substituídos por novos cantores. Entre os nomes discutidos, figura novamente o de Paula Fernandes, que foi alvo para a primeira temporada, mas acabou não aceitando.

Outro cogitado é o de Lucas Silveira, vocalista da banda Fresno. Uma proposta para ambos os nomes deve acontecer nos próximos dias. A ideia é fechar o time até o julho, para início das gravações no mesmo mês.

Novamente, o programa será uma coprodução da Band com a Turner e a FremantleMedia, distribuidora do formato pelo mundo - a mais popular versão do X Factor é a original, criada no Reino Unido por Simon Cowell, um dos maiores produtores musicais do mundo.

Uma ala da direção da Band defendia a extinção do programa, mas forças de contrato acabaram impedindo isto. Além deste fato, Diego Guebel, diretor de conteúdo, aposta no apelidado "fator MasterChef" para emplacar o X Factor desta vez.

Na primeira temporada, o reality culinário apresentado por Ana Paula Padrão não teve índices tão bons em seu início. A partir do segundo ano, ele virou um grande fenômeno de Ibope e repercussão, muito por mudanças sensíveis que o formato sofreu, como o aumento de seu tempo de arte.

De fato, Guebel tem razão. Segundo estudo feito pelo TV História, na primeira temporada, o MasterChef fechou com 4,4 pontos, o que não é ruim para os padrões da Band.

Na segunda fase, o programa disparou nos números, conseguindo 7,1 pontos na Grande São Paulo. Uma subida de 61% de uma temporada para outra. Na terceira e na atual quarta temporadas, o reality culinário mantém Ibope na casa dos 5,1 pontos.

A ideia é ter pelo menos um índice de 50% de aumento com o X Factor. Se no ano passado o reality musical fechou com 2,4, o objetivo é subir para pelo menos 3,6 pontos - se isto ocorrer, uma terceira temporada pode ser discutida.

Procurada para comentar as informações, a assessoria de imprensa da Band não respondeu aos contatos até o fechamento desta matéria.


Deixe sua opinião



Leia também

Novelas

Por onde anda Cecília Dassi, a Sandrinha de Por Amor

A garotinha Sandrinha conquistou o Brasil na primeira exibição de Por Amor, exibida entre 1997 e 1998 pela Rede Globo. Cecília Dassi, tinha apenas sete anos quando interpretou a personagem. Depois disso, ainda atuou em diversos papeis na Rede Globo, mas abandou a carreira na televisão