Jornalista da Band processa delator da JBS por calúnia e difamação após acusação



Comentarista de política da Band, Rádio Bandeirantes e Rádio Band News FM, o jornalista Claudio Humberto (foto) está processando o executivo Ricardo Saud, lobista da JBS, frigorífico que está envolvido em recentes escândalos da política brasileira.



Em delação premiada, Saud disse que pagava R$ 18 mil por mês ao site de Cláudio Humberto para evitar notícias negativas sobre ele. O jornalista afirma que está sendo vítima de vingança por parte do executivo. A ação foi protocolada na segunda-feira (22).

A acusação provocou um mal-estar onde Cláudio atua, principalmente na Band e na Rádio Bandeirantes, nos últimos dias. Colegas, por conta da denúncia, queriam que Claúdio deixasse de comentar as notícias políticas até o esclarecimento dos fatos.

Na queixa do processo ajuizado de número 0007038-98.2017.8.07.0001, Cláudio diz que o contrato que tinha com o JBS era de publicidade e não de "compra de silêncio". O contrato era para o site Diário do Poder, cujo o jornalista é dono, e para a sua coluna de jornal, reproduzida em 30 veículos pelo Brasil.

O jornalista diz que está sendo vítima de vingança por parte do executivo, por informações reveladas pela coluna em 2014, quando Cláudio disse que Saud era "o homem da mala" da JBS.

No processo, Cláudio diz que o contrato de publicidade foi ajuizado no dia 5 de fevereiro de 2015, e o apresentou na Justiça. Em seu site, o jornalista divulgou algumas cláusulas desse contrato. Uma delas diz que "a contratante terá direito à veiculação de banner publicitário, com marca, em espaço disponibilizado pela contratada, no portal Diário do Poder".

Em outra cláusula publicada, o colunista afirma no contrato que "a presente relação contratual não implica em qualquer compromisso editorial, tendo o anunciante tendo completa ciência disto".

Agora, o inquérito seguirá seu curso tranquilamente. Enquanto isso, Cláudio continuará atuando em veículos do Grupo Bandeirantes, onde está há mais de 12 anos.


Deixe sua opinião



Leia também

Novelas

Por onde anda Cecília Dassi, a Sandrinha de Por Amor

A garotinha Sandrinha conquistou o Brasil na primeira exibição de Por Amor, exibida entre 1997 e 1998 pela Rede Globo. Cecília Dassi, tinha apenas sete anos quando interpretou a personagem. Depois disso, ainda atuou em diversos papeis na Rede Globo, mas abandou a carreira na televisão