Datena diz no rádio que não vai mais atuar como narrador esportivo no Grupo Bandeirantes



Na manhã desta segunda (26), quem ouvia o programa 90 minutos, que José Luiz Datena apresenta na Rádio Bandeirantes, se surpreendeu com o desabafo do apresentador, que disse que não irá mais fazer narração esportiva no Grupo Bandeirantes.

Ou seja, o jogo entre Portugal e Nova Zelândia, válido pela Copa das Confederações no último sábado (24), que teve comentários de Neto, teria sido seu último ato como jornalista esportivo - foi assim que Datena começou a carreira.



Datena também disse que segurá apenas como apresentador policial na Band, comandando o Brasil Urgente, não fazendo mais nada ligado ao esporte - incluindo apresentar programas que tenham cunho esportivo.

"É uma questão de escolha de fazer só programa policial", afirmou ele, quando justificava o que acabara de anunciar.

Com isso, se encerraria uma era de José Luiz Datena na cobertura esportiva, que começou nos anos 80. O primeiro trabalho do jornalista foi em uma rádio de sua cidade natal, Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Ele era repórter do programa Plantão Esportivo, no qual também exercia a função de locutor.

Ainda em Ribeirão Preto, Datena trocou o rádio pela televisão. Além das reportagens esportivas, passou a cobrir outros temas. Foi justamente uma reportagem que ele fez para a TV Ribeirão (atual EPTV Ribeirão Preto) sobre um lixão da cidade que lhe rendeu o primeiro de dois prêmios Vladimir Herzog. Foi demitido da Rede Globo em 1989, depois de ter subido no palanque do candidato a presidente Lula na eleição presidencial daquele ano.

Atendendo convite do narrador Luciano do Valle, estreou na Rede Bandeirantes como jornalista esportivo, onde atuou como repórter e locutor, participando da cobertura dos principais eventos esportivos no Brasil e no exterior.

Aliás, foi nessa época que ele criou o acrônimo que a emissora de João Jorge Saad mantém até hoje: Band. Em 1996, entra para a equipe de esportes da Rede Record, e foi por lá que acabou virando apresentador policial, assumindo o Cidade Alerta com muito sucesso, chegando a receber proposta da Globo na ocasião.

No último sábado (26), Datena voltou a narrar uma partida de Portugal, após fazer sucesso com sua torcida para os lusitanos na Eurocopa de 2016. Como já era de se esperar, ele voltou a fazer uma narração empolgada para os lusos.

"Alô, colônia portuguesa em todo território nacional! Bate e é golaço! Gol de Portugal, de Portugal, de Portugal!", narrou o jornalista.

A escalação de Datena, confirme noticiou o TV História em primeira mão na sexta-feira (23), incomodou os jornalistas do departamento de esportes da Band, que criticaram a decisão internamente. Talvez isso ajude a explicar a decisão tão forte de Datena de deixar a narração esportiva.


Deixe sua opinião



Leia também

Novelas

Por onde anda Cecília Dassi, a Sandrinha de Por Amor

A garotinha Sandrinha conquistou o Brasil na primeira exibição de Por Amor, exibida entre 1997 e 1998 pela Rede Globo. Cecília Dassi, tinha apenas sete anos quando interpretou a personagem. Depois disso, ainda atuou em diversos papeis na Rede Globo, mas abandou a carreira na televisão