Ana Luiza é eliminada do MasterChef e programa entra em reta final com oito competidores



A jovem estudante mineira Ana Luiza Teixeira foi a 15ª eliminada da quarta temporada do MasterChef Brasil Os desempenhos abaixo da média nas duas provas desta terça-feira (4) fizeram com que a candidata voltasse mais cedo para casa. Agora, restam apenas oito participantes na disputa pelo título de melhor chef amador do país.

O décimo oitavo capítulo da atual temporada começou com os nove participantes restantes sendo divididos em trios. Cada trio deveria escolher uma cesta colorida com ingredientes variados e únicos para realizar a prova do dia. Com os itens da cesta escolhida, os competidores precisavam preparar duas entradas e um prato principal em apenas 60 minutos.



A tensão começou no momento da divisão dos grupos. Valter, Deborah e Leonardo formaram o primeiro trio. Ana Luiza, Vitor B. e Michele formaram o outro trio. Mirian, Fabrizio e Victor V. formaram o mais surpreendente trio, já que Mirian e Fabrizio tiveram diversos atritos em provas passadas.

O critério de escolha das cestas foi o número de vitórias individuais por trio. Assim, o trio liderado por Valter teve o direito de escolher primeiro e optou pela cesta preta com galinha D'Angola como principal ingrediente, a mais desejada pelos trios. O trio encabeçado por Ana Luíza foi o segundo e levou a cesta verde, que continha peito de frango caipira e lascas de bacalhau. O trio de Victor B. não teve escolha e precisou se contentar com o balaio vermelho, que carregava picanha e salmão.

Durante o preparo, o último trio foi o que teve mais problemas durante a execução da tarefa. A fraca liderança de Victor misturada com a falta de confiança dos próprios membros acabou prejudicando todo o preparo dos pratos. O líder do trio reclamava do que era feito pelos companheiros de grupo, mas não deixava claro o que realmente queria deles.

Ao longo de toda a prova, o grupo parecia completamente fora de sintonia, diferente dos demais trios. A equipe que optou pela galinha D'Angola estava muito confiante com as escolhas feitas e tinha certeza de que iriam para o mezanino.

Já o trio de Ana Luiza, Vitor B. e Michele, mesmo contrariados com a escolha do cesto, estavam otimistas por trabalharem em sintonia durante toda a prova. Porém, o resultado foi bem diferente do esperado.

Os pratos feitos por Valter, Deborah e Leonardo foram muito criticados pelos jurados pelo excesso de sal na sopa de cenoura com gengibre e pelo excesso de álcool na galinha d'Angola. Ana Luiza, Vitor B. e Michele foram elogiados pela coerência dos pratos, mas contestados nos sabores, que deixaram a desejar. Já Mirian, Fabrizio e Victor, apesar de todos os problemas durante o preparo, se destacaram com os pratos feitos com salmão e terminaram a noite no mezanino.

Na prova de eliminação, os competidores derrotados precisavam replicar um famoso prato assinado pela chef Paola Carosella: Nero di seppia com lagostins frescos. O prato composto por lagostins, camarões e talharim de tinta de lula foi eleito um dos 10 melhores pratos de peixe e frutos do mar de São Paulo, segundo a Revista PALADAR/Estadão 2017.

Antes da realização da prova, os participantes puderam acompanhar o preparo da premiada receita pela chef Paola. Após observarem o modo de preparo, foi a vez dos competidores colocarem a mão na massa. Deborah acabou encontrando dificuldades em fazer a massa consistente e acabou destoando do restante do grupo. Ana Luiza, mesmo com toda a pressão da prova, parecia alheia ao que estava acontecendo.

Depois de provarem todos os pratos, os chefs destacaram as reproduções de Leonardo e Michele, sendo a receita da catarinense a melhor da noite. Vitor Bourguignon e Valter fizeram a lição de casa e escaparam da eliminação. A última vaga no jogo ficou entre Ana Luiza e Deborah. Na avaliação dos jurados, as duas deixaram a desejar no preparo do macarrão, mas foi a desatenção de Ana Luiza na prova que garantiu a eliminação da participante.

A saída de Ana Luiza foi surpresa para os telespectadores, já que no começo do episódio, o nome da participante Deborah apareceu escrito na cor vermelha, algo que só acontece com quem foi eliminado do programa. Muitos telespectadores notaram a gafe na abertura do programa e imaginaram que a carioca iria embora, o que não ocorreu.

Com a eliminação de Ana Luiza, restam apenas oito participantes na disputa do título de melhor cozinheiro amador do Brasil.


Deixe sua opinião



Leia também