Cenas do próximo capítulo: Globo define protagonista de minissérie sobre Roger Abdelmassih; Bruno Gagliasso deve voltar ao ar em novela das 18h



Está definido o protagonista de Assédio, série de Maria Camargo - autora de Dois Irmãos, exibida no início deste ano - que retratará as acusações contra o médico Roger Abdelmassih. Antonio Calloni, com passagem recente por Os Dias Eram Assim, viverá o médico condenado a mais de 180 anos de prisão por ter abusado sexualmente de suas pacientes.



Calloni estreou na Globo em 1986, na minissérie Anos Dourados. Em meados da década de 90, passou pelo SBT e pela Manchete. Em 1999, brilhou como o imigrante italiano Bartolo, de Terra Nostra. Esteve ainda em O Clone (2001), como o muçulmano Mohamed e, recentemente, em Justiça (2016), como o corrupto Antenor Ferraz. Ele já trabalhou com Maria, como Halim, de Dois Irmãos.

A autora, que colaborou em Lado a Lado (2013) e Babilônia (2015), declarou recentemente que a decisão de ter feito de Abdelmassih personagem de sua minissérie partiu do "momento de consciência das mulheres": muitas pacientes se calavam diante das práticas criminosas do médico, o que permitiu que ele prosseguisse com os abusos.

Assédio trará o lado vaidoso e prepotente de Roger Abdelmassih. Mas deixará de lado desdobramentos recentes de seu processo, como a internação e a prisão domiciliar - citadas apenas em uma legenda, na conclusão da produção. Amora Mautner responderá pela direção de núcleo.



Eleito

Ao menos três produções da Globo têm interesse no passe de Bruno Gagliasso, de férias desde o término de Sol Nascente, em março. Contudo, a participação do ator na próxima novela de Duca Rachid e Thelma Guedes, provisoriamente chamada de Travessia e Sal da Terra, já é dada como certa. Bruna é figurinha carimbada nas tramas das autoras: esteve em Cordel Encantado (2011), como o vilão Timóteo, e em Joia Rara (2013), vivendo o bondoso Franz.



Memória

Por falar em Duca e Thelma, a Globo bem poderia resgatar Cama de Gato em Vale a Pena Ver de Novo. Seria uma excelente oportunidade de acompanharmos um trabalho diferente de Paolla Oliveira, que brilhou como a cínica Verônica e que hoje dá show em A Força do Querer na pele da justiceira Jeiza.

Leia também: Nova edição do Jogo de Panelas, do Mais Você, busca participantes em Ribeirão Preto

Leia também: A Força do Querer: prisão de Zeca teve documento cenográfico e passagem com data atrasada




commentDeixe sua opinião
menu