Cenas do próximo capítulo: Record terá "genérico" de William Bonner em Apocalipse



A Record terá uma versão genérica de William Bonner em confronto direto com o Jornal Nacional, apresentado e editado por ele. Explica-se: em Apocalipse, próxima trama bíblica da emissora, com estreia prevista para 7 de novembro, Junno Andrade viverá o jornalista (e chefe de redação) Arthur Pestana. E o visual adotado pelo ator, ausente do vídeo desde Escrava Mãe, encerrada no início deste ano, remete ao âncora do telejornal de maior audiência do país.




Junno compartilhou um clique do momento em que cortava o cabelo, buscando a caracterização do novo personagem. "E a gente empresta o corpinho... Só no corte", escreveu na legenda. Os seguidores, rapidamente, associaram o visual a Bonner. Além de Arthur Pestana, Apocalipse contará também com a obstinada Bárbara Queiroz, apresentadora de um noticiário, reservada para a atriz Aline Borges.



Ainda sobre Apocalipse: a atriz Brenda Haddad, que esteve em A Terra Prometida (2016), está tendo aulas de krav maga, armamento e rolamento no chão para viver a israelense Rana na primeira fase da novela. Trata-se de uma judia ortodoxa, que se alista no exército de Israel, em 1989. Embora faça de tudo para agradar o pai, Rana se vê sempre preterida pela irmã Débora (Manoela do Monte); desta forma, ela tem na amiga Tiatira (Yana Sardenberg) a sua única companhia.

Na fase definitiva da trama, Rana, Débora e Tiatira serão defendidas, respectivamente, por Adriana Prado, Bia Seidl e Carla Marins. Neste momento de sua vida, Rana está enfrentando uma crise com o marido Saulo (Cláudio Gabriel), entremeada pelas preocupações com a filha pequena, Ester (Nathalia Costa).



Está confirmada a participação de Viviane Araújo em O Sétimo Guardião, trama de Aguinaldo Silva que, garante a Globo, está garantida no horário das 21h, no segundo semestre de 2018. A princípio, a personagem reservada para a atriz é mãe da protagonista Clara, destinada a Marina Ruy Barbosa. Vivianne e Aguinaldo foram parceiros em Império (2014); atualmente, ela vive no teatro a criminosa Lili Carabina, baseada num romance escrito pelo autor.

Com informações das jornalistas Carla Bittencourt (Extra) e Keila Jimenez (R7).

Leia também: Balão Mágico, Caso Verdade, Guerra dos Sexos: a grade de programação da Globo em 5 de setembro de 1983

Leia também: Há 45 anos, em plena Olimpíada, mundo via primeiro atentado transmitido ao vivo pela TV




commentDeixe sua opinião
menu