Lembre como foram as coberturas das emissoras nos atentados de 11 de setembro



Há exatos 16 anos, o mundo parava diante da televisão para acompanhar o maior ataque terrorista da história: o World Trade Center desabava diante de nossos olhos.

Emissoras do mundo inteiro transmitiam as imagens assustadoras de Nova Iorque e de Washington, onde o Pentágono ardia em chamas após a queda de um avião.



No momento em que o avião atingiu a primeira torre do WTC, às 9h48, horário de Brasília, a Globo exibia o Mais Você, a Record, o infantil Eliana e Alegria, a RedeTV!, A Igreja da Graça em Seu Lar, e a Band, o Dia a Dia. Todas essas emissoras noticiaram um acidente em Nova Iorque, mas continuaram com sua programação normal.

Para a surpresa de todos, às 10h04, horário de Brasília, um avião atinge a segunda torre e toda a programação matinal cai por água, dando lugar a um plantão que durou horas.

O SBT, que exibia o Bom Dia & Cia, não interrompeu a programação, exibindo apenas flashes curtos durante o intervalo. Um fato irônico é que, na época em que Silvio Santos foi sequestrado, a emissora exibiu de ponta a ponta o drama do dono do baú. A "tragédia" do patrão parece que foi mais importante que a tragédia mundial.

Muitos se lembram da cobertura da Globo, ancorada por Carlos Nascimento e Ana Paula Padrão. Na época, houve especulação se o plantão da Globo realmente interrompeu o desenho Dragon Ball Z, mas esse "mistério" já foi resolvido: na verdade, o quadro Garrafinha, do Bambuluá, de Angélica, foi a atração interrompida.

Mas e a cobertura das outras emissoras?

Hoje, vamos mostrar trechos dos principais fatos daquela manhã, com cobertura ao vivo da Record, RedeTV!, Band, Globo News e Globo, após a segunda torre ser atingida pelo avião.

10h28 - Presidente Bush faz seu primeiro pronunciamento

A Band transmitia os fatos dentro do Dia a Dia, que era comandado por Olga Bongiovanni e, direto da redação, o jornalista Otávio Ceschi Jr. trazia as informações.

Fato é que as informações eram escassas e tudo estava muito difícil de entender. Neste vídeo, Bush faz seu primeiro pronunciamento enquanto as duas torres estavam em chamas.



10h32 - RedeTV! anuncia que a OLP assumiu a autoria dos atentados

A RedeTV! Interrompeu sua programação e colocou o jornalista José Carlos Bernardi no ar.

Ainda se especulava sobre um possível ataque terrorista, mas as informações estavam desencontradas. E, em uma dessas informações confusas, foi dito que a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) assumiu a autoria do atentado - notícia totalmente errada.



10h41 - O Pentágono também é atacado

Rodolpho Gamberini e Mônica Waldvogel, apresentadores do Fala Brasil, voltaram ao ar para comandar o plantão do 11 de setembro. O jornalista Celso Miranda, que estava em NY, trazia as informações por telefone ao vivo.

No vídeo a seguir vemos o momento em que chega a informação de que o Pentágono, departamento de defesa americano, foi atingido por um avião em outro atentado terrorista.

Naquele momento a Casa Branca estava sendo esvaziada e, de fato, os Estados Unidos estavam sob ataque.



11h00 - A queda da torre sul do WTC

Eis o momento exato da queda da torre sul, transmitido pela Band.
Incrédulos, os apresentadores presumiram que havia ocorrido uma terceira explosão e a parte de cima do prédio havia desabado. Porém, na verdade, a torre sul desabou por inteiro por conta da colisão com o avião.



11h30 - A queda da torre norte do WTC

A Globo News fez uma cobertura que durou o dia inteiro. E quem comandou o plantão foram os jornalistas Leila Sterenberg e Sergio Aguiar.

No vídeo, é possível ver o exato momento da queda da torre norte. Os apresentadores acharam até que se tratava de imagens gravadas, mas estava ocorrendo tudo ao vivo: quando o WTC, cartão postal de Nova Iorque, deixava de existir.



Globo - Heloisa Villela entra ao vivo

A Globo também sofreu as dificuldades de uma transmissão, principalmente em ter um link ao vivo com um de seus correspondentes.

Por muitos anos, a amissora contou com um escritório em Nova Iorque, mas até então nenhum repórter entrou ao vivo por imagem, apenas por telefone. Depois de muitas horas, Heloisa Vilela entrou ao vivo, direto da redação da Globo, em NY.



O mosaico da NET

Naquele dia, a operadora de TV a cabo NET tirou do ar o seu canal que servia como um "guia de programação" e criou um mosaico, com imagens das principais emissoras de TV que estavam transmitindo ao vivo a tragédia.



Record - Datena, Boris Casoy e Rodolpho Gamberini juntos

A Record colocou seus principais jornalistas no estúdio do Cidade Alerta: José Luiz Datena, Boris Casoy e Rodolpho Gamberini acompanharam os desdobramentos do atentado.



Sem sombra de dúvidas, foi uma das maiores coberturas da historia da televisão brasileira. Quase todas as emissoras pararam, derrubando suas programações e colocando ao vivo uma das maiores tragédias da historia.

Graças à televisão, as pessoas se tornaram testemunhas oculares de um momento que mudou o mundo.

Leia também: 11 de setembro na história da TV: em 2014, terminava A Grande Família

Leia também: Programa infantil, stand-up, novela: Chico Anysio de um jeito que quase ninguém conhece




commentDeixe sua opinião
menu