Teleton chega à 20ª edição celebrando o passado e olhando para o futuro



SBT e AACD - Associação de Assistência à Criança Deficiente - realizaram nesta terça-feira (10), no CDT da Anhanguera, em Osasco, a coletiva de lançamento da campanha Teleton 2017. A edição atual celebra os 20 anos da maratona televisiva e terá uma programação especial com muitas novidades e homenagens. Neste ano, o evento acontecerá nos dias 27 e 28 de outubro e a meta é de 28 milhões de reais que será revertida para a manutenção de toda a rede de hospitais da AACD.



A coletiva contou com as presenças do jornalista Carlos Nascimento, o apresentador Celso Portiolli, o cantor e padrinho da campanha, Daniel, a atriz Maísa Silva, o diretor geral do Teleton Brasil, Michael Ukstin, e o superintendente geral da AACD, Valdesir Galvan.

Eles apresentaram as novidades da edição comemorativa da maratona. A primeira delas é o retorno de Eliana à telinha. A apresentadora e madrinha do Teleton estava de licença-maternidade e volta ao SBT para comandar a atração.

Quem também estava presente no evento era a criança escolhida como símbolo do Teleton 2017, Letícia Barbosa Sanches, de nove anos. Paciente da instituição desde recém-nascida, Letícia teve uma má-formação congênita, que afetou suas duas pernas e as duas mãos. Após tratamento intensivo na própria AACD, foi identificado que o melhor caminho seria a amputação dos membros inferiores de Letícia. Assim, ela recebeu um par de próteses que garantiu uma nova perspectiva de vida a ela.

A 20ª edição do Teleton trará ainda alguns momentos inesquecíveis das edições passadas e fará muitas homenagens à eterna madrinha da campanha, Hebe Camargo - que faleceu em 2012. Durante a coletiva foi exibido um pequeno vídeo com um trecho da participação da apresentadora na edição do ano 2000. Muitos na plateia se emocionaram com as imagens.

Apesar de toda reverência ao passado, o Teleton 2017 apostará em uma grande novidade para o futuro: o Teleton+. Trata-se de uma maratona on-line, simultânea à transmissão que ocorrerá na televisão e terá uma programação própria voltada para o público digital. O formato é produzido para as maiores plataformas de mídias digitais pela Endemol Shine Brasil e contará com a participação de dezenas de influenciadores digitais ao longo das 29 horas de programação na internet.

"Essa novidade será uma boa oportunidade para atingirmos um novo público, alavancando nossas redes sociais e propagando ainda mais a marca e a causa da AACD pelo Brasil e o Mundo", afirmou Valdesir Galvan, superintendente geral da AACD.

O apresentador Celso Portioli - que também é youtuber - será o padrinho digital do Teleton+. Mesmo com a plataforma on-line exclusiva, o Teleton ainda terá a participação de dezenas de influenciadores digitais na tradicional Bancada On-line.

AUSÊNCIAS SENTIDAS

Os jornalistas presentes no evento receberam uma relação de nomes confirmados para a edição 2017 do Teleton, porém, foram as ausências que mais chamaram a atenção na lista. A cantora Anitta, por exemplo, não estava entre as atrações confirmadas para o evento. Ludmilla e Ivete Sangalo também não.

Na apresentação, nenhum nome da Gazeta ou Band - emissoras que não liberaram artistas por birra do SBT. Por conta do boicote das emissoras, a ausência do apresentador Ronnie Von, que já participou do evento por 11 vezes, deverá ser uma das mais sentidas. Adriane Galisteu, terceira apresentadora que mais comandou o evento, ainda não teve a presença confirmada.

Ao ser questionado sobre algumas destas ausências, o diretor geral do Teleton Brasil minimizou, garantindo que a lista de artistas confirmados ainda não está fechada. "Nós ainda trabalhamos com muitos nomes, porém, optamos por divulgar uma lista apenas com os artistas confirmados. Em muitos casos, só precisamos fechar a agenda do artista. Assim que fecharmos, vamos divulgar", disse Michael Ukstin.

META DIFÍCIL, MAS NÃO IMPOSSÍVEL

A meta de 28 milhões de reais do Teleton 2017 é a maior já proposta pela campanha. Porém, em três edições do Teleton, o montante objetivado em 2017 foi facilmente batido. Em 2012, 2014 e 2015, a campanha da AACD em parceria com o SBT ultrapassou a casa dos 30 milhões de reais. Apesar do bom histórico, o cenário econômico atual é um obstáculo para a conquista da meta.

Para a AACD, uma instituição filantrópica e sem fins lucrativos, o montante arrecado anualmente pelo Teleton representa cerca de 50% da receita total da entidade. Somente em 2016, a instituição realizou cerca de um milhão de atendimentos em suas unidades presentes em seis estados. Desde 2012, todo o dinheiro arrecadado pelo Teleton vai para a manutenção dos hospitais da AACD.

Nesta edição de 2017, a campanha pode bater outra meta. O Teleton arrecadou pouco mais de 378 milhões de reais nas 19 edições já realizadas. Batendo a meta da vigésima edição, o Teleton terá arrecadado mais de 400 milhões de reais em toda a sua história.

Leia também: O Outro Lado do Paraíso: o que esperar da próxima novela das nove?

Leia também: Até 22h30 ou até meia-noite: não há horário que aplaque o fenômeno A Força do Querer




commentDeixe sua opinião
menu