Jornal das Dez com Heraldo Pereira estreia no próximo dia 5


A estreia do novo Jornal das Dez, da Globo News, está agendada para o próximo dia 5, segundo informações do jornalista Gustavo Fioratti, da Folha de São Paulo. O noticiário será comandado por Heraldo Pereira, ex-substituto oficial de William Bonner no Jornal Nacional e ex-comentarista político do Jornal da Globo - para onde foi Renata Lo Prete, antes titular do 'J10', ocupando o posto que pertencia a William Waack, que rompeu (em comum acordo) o contrato com a emissora após o vazamento de um vídeo em que tecia comentários de cunho racista.



A Globo News se aproveitará da mudança de âncora para transferir seu principal telejornal para Brasília - já visando a agitação que deve dominar o país no segundo semestre, com as eleições para governadores, deputados, senadores e presidente da República, neste momento pós-impeachment de Dilma Rousseff, em que muitos dos principais nomes da política no Brasil estão implicados em processos deflagrados por operações como a Lava-Jato.

Atração da grade do canal de notícias desde sua inauguração, o Jornal das Dez passou por diversas trocas de comando nos últimos anos. Mariana Godoy se despediu da emissora em 2014; hoje está na RedeTV!. A substituta de André Trigueiro - promovido a repórter especial do Jornal Nacional - cedeu seu posto a Eduardo Grillo, dispensado em 2015. Dony de Nuccio assumiu o cargo, até ser levado pela Globo para o Jornal Hoje, devido a saída de Evaristo Costa da emissora. Natuza Nery responde pelo 'J10', interinamente, desde a efetivação de Renata Lo Prete no 'JG'.

Já Heraldo Pereira ingressou na Globo em 1982, após passar pelas afiliadas do canal em Ribeirão Preto, sua cidade natal, e Campinas. Chegou a sucursal de Brasília em 1988, ano da Constituinte; de lá, saiu apenas para uma curta estadia no SBT - antes, trabalhou na Manchete. Cobriu planos econômicos, como o Collor e o Real; também escândalos, caso do Mensalão, no primeiro mandato de Luís Inácio Lula da Silva. Em 2001, foi convocado para a bancada do DFTV; no ano seguinte, passou a integrar o rodízio do Jornal Nacional.


Deixe sua opinião


Leia também