Revisitando clássicos da MTV: Piores Clipes do Mundo e Hermes & Renato


Em 2000, a MTV Brasil passava por uma reformulação em sua programação e elenco. Novos estúdios e equipamentos modernos deram uma cara nova à emissora musical. Alguns programas exibidos na época tiveram muito sucesso, como o reality show Meus 20 e poucos anos e o talk show comandado por João Gordo, o ácido Gordo a Go-Go.

Na categoria humor, podemos destacar duas grandes atrações que fizeram sucesso na tela da MTV de um modo diferente e divertido: Piores Clipes do Mundo e Hermes & Renato.



Piores Clipes do Mundo

Antes de ser contratado pela MTV, Marcos Mion atuou no seriado Sandy e Junior, da Globo, em 1999. Em 2000, Mion se tornou a aposta, juntamente com Didi Wagner, para alavancar a nova programação do canal, já que dois nomes importantes haviam saído: Cazé Peçanha e Sabrina Parlatore.

A dupla, Mion e Wagner, apresentava o Supernova, programa que marcou a mudança no canal.

A espontaneidade e o bom humor de Mion no Supernova o levaram a apresentar um programa que já estava no ar, antes sob o comando de Marina Person: Piores Clipes do Mundo. O VJ mudou o formato do programa, debochando não apenas dos clipes, mas também da própria MTV.

Em um cenário típico em que os VJ's apresentam os clipes, Mion mostrava as falhas do chroma key, não perdoava os produtores e os câmeras, debochando de si mesmo e dos telespectadores e declarando o 'Piores' como o "pior programa da televisão"

A criatividade de Mion ia além em suas análises minuciosas de clipes de grande sucesso, no quadro intitulado 'Pérola Videoclipica'. Com a ajuda do "pé de pano", o apresentador indicava as falhas do clipe: fosse um objeto de cena fora de lugar, uma dança fora de ritmo ou até mesmo uma edição tosca.

Muitos não gostavam do modo que Mion brincava, o que gerava críticas ao 'Piores'. Mas um cantor em particular deve gratidão ao apresentador: Supla, que na aquela época estava distante da mídia, voltava à ascensão depois que o clipe de caseiro e de baixo orçamento, 'Green Hair', foi alvo de piadas no programa.

A carreira de Supla voltou aos trilhos e até hoje ele continua no ar. Assim como Mion, que deixou a MTV em 2002 para apresentar um programa nos moldes do 'Piores' em horário nobre, na Band. A criatividade e o talento de Mion o transformaram em um dos apresentadores mais versáteis da nossa televisão.



Hermes & Renato

Hoje, graças à internet e às redes sociais, muitas pessoas têm a chance de mostrar o seu talento para o humor, sair do anonimato e ganhar a fama e dinheiro. Um grupo de amigos conseguiu tal proeza em uma época em que as redes sociais e YouTube não existiam e a internet era escassa: Hermes & Renato saíram das fitas VHS para revolucionar o humor brasileiro.

Nos anos 1990, com uma câmera VHS na mão, Fausto Fanti e seus amigos criavam personagens e esquetes, satirizando os filmes de pornochanchada dos anos 1970. Hermes & Renato, dois malandros que tentavam se dar bem a todo custo, eram os personagens principais da trupe. Mesmo com o amadorismo e falta de recursos, os esquetes eram divertidos, criativos e bem roteirizados. E toda essa criatividade chegou a MTV, de um jeito despretensioso.

Durante os intervalos comerciais, a emissora exibia um programete chamado Voz MTV: os telespectadores enviavam fitas com algumas gravações amadoras cujos temas variavam entre humor, animação, videoclipe, etc. O objetivo da atração era dar espaço para o vídeo amador. O grupo percebeu uma a chance mostrar seu trabalho. Todas as fitas recebidas pela MTV eram vistas e selecionadas pelos diretores e produtores. André Mantovani, diretor geral do canal, adorou as gravações do grupo e convidou os integrantes para visitarem a sede do canal.

Hermes & Renato, então, saíram do anonimato em Petrópolis para a fama em rede nacional. De início, eles gravariam programetes que seriam exibidos durante a programação; caso dessem certo, seria firmado um contrato com a emissora. O sucesso foi imediato e o grupo ganhou 15 minutos semanais na grade da MTV. Além de Hermes & Renato, outros personagens foram apresentados: Claudio Ricardo, Joselito Sem Noção, Zé Canjica, entre outros.

Com um humor ácido, usando e abusando dos palavrões, o programa Hermes & Renato inovou o humor brasileiro na época, criticando e satirizando tudo e todos: os alvos eram programas de auditório a bandas de axé e metal, a política e a religião. Ninguém era poupado.

De 15 minutos, o programa ganhou meia hora e se aperfeiçoou ainda mais, mostrando que aquela turma de jovens amadores era formada por profissionais do humor. O grupo apenas não se limitava aos esquetes: encenaram novelas como 'Sinhá Boça', dublagens de filmes, o 'Tela Class', e até um programa de rádio, na Mix FM de São Paulo. Em 2010, foram contratados pela Record, juntamente com Marcos Mion, para integrar o elenco do programa Legendários.

Fausto Fanti, Marco Antônio Alves, Adriano Pereira, Felipe Torres e Bruno Sutter trouxeram uma linguagem simples e inteligente em uma época que o humor era engessado na televisão.


Deixe sua opinião


Leia também