Artistas de O Clone que já morreram



Conheça os artistas do elenco de O Clone que já nos deixaram:

Mara Manzan



A eterna Odete ("cada mergulho é um flash") morreu em 13 de novembro de 2009, aos 57 anos, vítima de câncer de pulmão.

Guilherme Karan



Grande parceiro de Glória Perez em suas novelas, o ator vivia Raposão na trama. Ele, que fez muito sucesso no humorístico TV Pirata, morreu em 7 de julho de 2016, aos 58 anos, em virtude de uma síndrome degenerativa, a doença de Machado-Joseph.

Perry Salles



Ex-marido de Vera Fischer, o ator viveu Mustafá na novela. Ele morreu em 17 de junho de 2009, aos 70 anos, vítima de câncer.

Sebastião Vasconcelos



Consagrado da televisão, participou da novela interpretando o Tio Abdul. Morreu aos 86 anos, vítima de choque séptico e parada cardiorrespiratória, em 15 de julho de 2013.

Ruth de Souza



A atriz teve diversos papeis de destaque na televisão, especialmente na Rede Globo, além do cinema e do teatro, e participou da trama como Dona Mocinha. Morreu em 28 de julho de 2019, aos 98 anos, no Rio de Janeiro (RJ).

Beatriz Segall



Eterna intérprete de Odete Roitman em Vale Tudo (1988), a atriz fez uma participação especial em O Clone como Miss Penélope Brown, que participa de discussão sobre clonagem com Albieri (Juca de Oliveira). Ela morreu no dia 5 de setembro de 2018, aos 92 anos.

Caio Junqueira



Ator que começou cedo na televisão, filho de Fábio Junqueira e irmão de Jonas Torres, participou de inúmeras produções da Globo e da Record e se destacou no filme Tropa de Elite. Participou da trama como Pedrinho, filho de Lobato (Osmar Prado). Morreu em 23 de janeiro de 2019, aos 42 anos, uma semana após sofrer um grave acidente de carro no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro (RJ).

Eloísa Mafalda



A inesquecível atriz fez uma participação especial na trama como a vizinha de Sálua (Walderez de Barros) e Jade. Dona de grandes papeis na história da televisão, se afastou do veículo em 2002, devido ao Mal de Alzheimer. Morreu em 16 de maio de 2018, vítima de insuficiência respiratória, aos 93 anos.

Fábio Junqueira



O ator, que viveu o personagem Chuvas, participou de várias novelas e minisséries da Rede Globo, com destaque para Chiquinha Gonzaga, e morreu em 20 de novembro de 2008, aos 52 anos, meses após sofrer um edema cerebral.

João Carlos Barroso



Intérprete do inesquecível Toninho Jiló de Roque Santeiro, João Carlos Barroso atuou em inúmeras novelas e humorísticos da Rede Globo. Em O Clone, foi Severino, amigo de Edvaldo. Nos últimos anos, esteve em Zorra e Sol Nascente. Morreu em 12 de agosto de 1969, aos 69 anos, vítima de câncer no pâncreas.

Mário Lago



Grande nome da teledramaturgia nacional, o veterano ator fez uma participação especial poucos meses antes de sua morte. Ele reviveu o Dr. Molina, mesmo personagem que fez em Barriga de Aluguel (1989). Morreu em 30 de maio de 2002, aos 90 anos, de enfisema pulmonar.

Tácito Rocha

Ator e diretor de diversas produções, morreu em 29 de maio de 2011. Na trama, fez uma participação especial como um juiz.


Deixe sua opinião



Leia também